Bifes mal passados passeios e outras catastrofes por terras de sua majestade. rabanada 2019-02-06

Bifes mal passados passeios e outras catastrofes por terras de sua majestade Rating: 6,6/10 709 reviews

Um livro sobre 'bifes' está a incomodar os ingleses

bifes mal passados passeios e outras catastrofes por terras de sua majestade

Passear por Inglaterra tem as maçadas e os proveitos de ir à selva. As avenidas junto ao mar não ajudam. Mas deixemos a Primavera britânica e passemos ao pino do Verão. Não é verdade que nem a penca se vislumbra: olha, ali em baixo estão os meus pezinhos. He criticises Brits for being drunkards and violent. Now, of course, that might just be because my grasp of the Portuguese language isn't great but I gave it to a native Portuguese speaker who picked it up and recognised the type immediately: an arrogant, sexist douche.

Next

Marcador de Livros: Novidades Gradiva nas bancas a partir de 25 de Junho

bifes mal passados passeios e outras catastrofes por terras de sua majestade

I would have rated this book with zero stars if I could. Prosseguimos corajosamente, pelo menos a minha companheira de viagem, eu vou a fazer contas de cabeça, o tal mar interno que tantos dissabores me dá, faço contas como faço nos casinos, calculo a probabilidade de ser fulminado, nos casinos estimo a percentagem de enrabamento que levaria se jogasse e nunca jogo, mas aqui tenho mesmo de jogar roleta russa, porra que lá se vai uma arvorezita e não estava longe, toda feita em carbono, olha as emissões, aniquilada por um raio, que mal Te fez ela, em Portugal isto dava incêndio certo, fogo posto por Deus, esse piromaníaco, mas aqui os elementos fazem de bombeiros voluntários, a conflagração já se encontra controlada, extinta pelas agulhetas dos céus, será que têm banda lá em cima, tuba, bombo e clarinetes, é bonito ser bombeiro. Nas duas ocasiões em que foi à pesca, apanhou um salmonete e uma piranha um facto real, mas a melhor comédia é a que se passou mesmo, como mostra neste livro. Aldeias de mástique na Grécia? O autor, João Magueijo, cientista alentejano, que faz parte do Grupo de Física Teórica do Imperial College, por outro lado, não terá achado qualquer problema a esta situação e, por isso, o tom que emprega na sua obra pode muitas vezes ser considerado polémico, como mostra um trecho do livro reproduzido pelo Sol. Tendo em conta o vendaval que se pusera, ainda pergunto ao senhor: — E o que é que as pessoas fazem? As ramelas matinais haviam sido lavadas au naturel. Fico a aguardar o próximo trabalho, quem sabe um Ensaio sobre a Portugalidade. E fugir deste ilhéu a sete pés! Uma caricatura mal escrita, a começar pelo título quase tirado a fotocópia do blog 'Um bife mal passado', do embaixador Alexander Ellis, que tão elegantemente escreveu sobre Portugal no Expresso, entre 2008 e 2010.

Next

Sessão de lançamento do novo livro de João Magueijo «Bifes Mal

bifes mal passados passeios e outras catastrofes por terras de sua majestade

Bifes Mal Passados é alternadamente hilariante e sério, convidando a uma reflexão sobre identidade cultural, e incitando os portugueses a despojarem-se de complexos de inferioridade. Os seus livros Mais Rápido Que a Luz e O Grande Inquisidor estão publicados em Portugal pela Gradiva. Estava tudo empapado, ensopado, o chão era mousse de chocolate, da ralinha. Nas duas ocasiões em que foi à pesca, apanhou um salmonete e uma piranha um facto real, mas a melhor comédia é a que se passou mesmo, como mostra neste livro. Recomeça então a chover e penso que se calhar ao menos isto limpa. E porque é que apreciamos a zebra? Más, mas tão más, que às tantas uma pessoa desata a rir daquilo tudo, com aquelas gargalhadas amargas de quem sabe que está na merda e começa a achar piada à situação.

Next

rabanada

bifes mal passados passeios e outras catastrofes por terras de sua majestade

Contudo faz as pazes nas últimas páginas. Convém lembrar aqui que Londres tem 8 milhões de habitantes, 14 milhões se contarmos com a área metropolitana completa, mas na realidade mais de 20 milhões de pessoas labutam diariamente dentro da cidade. Comentários Um dos piores livros que li. Os melhores capítulos são aqueles em que o autor simplesmente descreve episódios divertidos em terras de Sua Majestade: ir à praia em Margate, um fim de semana apocaliptico em Blackpool. E foi em demanda do equivalente britânico da Caparica que lhe comecei a dar o devido valor. To the British people: don't bother bei The author is just an hypocritical communist I know, redundancy that loves to generalise. Carlos Carreiras, Presidente da Câmara Municipal de Cascais e o Dr.

Next

POMBOCACA: Crítica Literária: «Bifes Mal Passados» de João Magueijo

bifes mal passados passeios e outras catastrofes por terras de sua majestade

Mas com uma tromba de água e rajadas diabólicas ainda é pior. É autor da teoria da Velocidade da luz variável que veio questionar a premissa mais básica por trás da Teoria da Relatividade de Einstein. Divertido e mordaz no início, vai-se tornando cansativo à força de tantos lugares comuns, piadas fáceis e linguagem brejeira. Detalhes do produto João Magueijo Évora, 1967 é um cientista português, integrante do Grupo de Física Teórica do Imperial College, em Londres. Os gracejos da minha companheira de viagem não me penetram os ouvidos, de tal forma me vou enrosquilhando no conchego deste mar interno de fantasias. É actualmente Professor Catedrático no Imperial College, em Londres. Format Kindle, Formato: Ebook Kindle, Rótulo: Gradiva, Gradiva, Grupo de produtos: eBooks, Publicado: 2014-09-30, Data de lançamento: 2014-09-30, Studio: Gradiva, Rank de vendas: 470828 Número de ordem de plataforma Amazon.

Next

Marcador de Livros: Novidades Gradiva nas bancas a partir de 25 de Junho

bifes mal passados passeios e outras catastrofes por terras de sua majestade

To the British people: don't bother being outraged by this book. Hum e de yorkshire puddings! Com o correr da noite e o acumular das pints o discurso endurece e aqui e além d João Magueijo descreve-nos aqui algumas das aventuras e desventuras passadas no Reino Unido durante os 20 anos que por lá viveu. Quando chegamos à terriola percebemos que o poder feudal, ainda que ligeiramente enfraquecido, está bem vivo em Inglaterra. Havia outras a Sul da foz do rio Tamisa, mas esta foi a que me pareceu melhor. Nas duas ocasiões em que foi à pesca, apanhou um salmonete e uma piranha um facto real, mas a melhor comédia é a que se passou mesmo, como mostra neste livro. Porra que isto ainda é pior do que o Algarve, penso eu. Finalmente vamos dar com um hotel enorme, cavernoso, num promontório à saída da terra, o qual se vê que em tempos terá dado pousada à rainha Vitória mas desde então não fora limpo.

Next

Bifes Mal Passados: O livro que está a irritar ingleses

bifes mal passados passeios e outras catastrofes por terras de sua majestade

Não é que eu me queixe. Nota-se na relação de Magueijo com a Inglaterra o mesmo sentimento com que um português a viver em Portugal fala mal da sua terra. Bifes Mal Passados é alternadamente hilariante e sério, convidando a uma reflexão sobre identidade cultural, e incitando os portugueses a despojarem-se de complexos de inferioridade. Se estes espessos escafandros aguentam o Inverno em Plutão também suportarão terras de Inglaterra na Primavera, ai esta minha cabecinha, então não me ia esquecendo de vos dizer que se passa isto na Primavera, vejam lá. Os seus livros Mais Rápido Que a Luz e O Grande Inquisidor estão publicados em Portugal pela Gradiva. Pode conferir alguma graça ao discurso mas quando é demais, como aqui, acaba-se por cair no erro, por exemplo, das constantes cenas de nudez e sexo no filme «O Mistério da Estrada de Sintra», película já de si boa mas em que se recorreu ao modo mais fácil de cativar espectadores, mais ou menos como a Soraia Chaves em todos os filmes e anúncios onde apareça. Bifes Mal Passados é alternadamente hilariante e sério, convidando a uma reflexão sobre identidade cultural, e incitando os portugueses a despojarem-se de complexos de inferioridade.

Next

Presente & Passado: Junho 2014

bifes mal passados passeios e outras catastrofes por terras de sua majestade

Fui pois buscar o mapa, ajustei as proporções, calculei o homotético londrino da Caparica, revelou-me o cômputo uma terriola de sua graça Margate, no condado de Kent. Magueijo é um cientista, alentejano, que faz parte do Grupo de Física Teórica do Imperial College, em Londres. Seja politica, social ou culturalmente, todos os dias farão com que no futuro se lembrem de nós, bem, ou mal. Os insultos que Magueijo manda aos ingleses são de um requinte, fineza e brejeirice como raríssimas vezes se vê num português que escreva. E de facto desanuvia o nevoeiro porque se põe também um pé de vento, mas a chuva agora é tão densa que a visibilidade não melhora, é uma cortina de água que se desenrola do céu, puxa para cima a persiana. Horas passadas, com muita santa paciência, eu e a minha companheira de viagem finalmente entramos lugarejo adentro: Margate, belo nome.

Next

Bifes Mal Passados: Passeios e outras catástrofes por terras de Sua Majestade by João Magueijo

bifes mal passados passeios e outras catastrofes por terras de sua majestade

Agora, sim, estávamos metidos em grandes e belos sarilhos, atulhados numa boa mousse de diarreia até ao pescoço, brinca, brinca com as metáforas e depois vem-te queixar. Este é o primeiro livro que escreve em português. O tanque não terá sequer meio metro de fundura, que é o máximo que a praia vai abaixo nestes cem metros, e é lá dentro que o bife chapinha em águas imundas, é isto ir à praia nesta terra, não admira as figuras tristes que eles fazem no Algarve, imaginem o que é ter sido criado nesta merda. Os seus livros Mais Rápido Que a Luz e O Grande Inquisidor estão publicados em Portugal pela Gradiva. I didn't recognise my own country in the anecdotes, and seldom in the. E a intuição não basta. Este Bifes Mal Passados é de um género completamente diferente: um conjunto de crónicas, escritas com recurso ao humor, sobre os usos e os costumes dos ingleses, em particular no que toca às suas opções de ócio e diversão, beneficiando Já tinha lido um livro de João Magueijo, uma biografia científica sobre o físico italiano Ettore Majorana, de que tinha gostado bastante; infelizmente nunca consegui encontar o primeiro livro do autor, Faster Than The Speed of Light, pois também gostava de o ler.

Next